ARTIGO: Se mudar é inevitável, seja protagonista

Na noite de 25 de junho, tive a oportunidade de assistir a palestra Experiências e Resultados de Boas Práticas de Políticas Públicas, do engenheiro e ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros, ministrada no Fórum de Mobilidade Urbana na Câmara de Vereadores de Itajaí. Independente da sigla partidária, sempre busco aprender algo com pessoas que ganham a minha admiração. E não foi diferente nessa oportunidade, tanto que o título desse artigo são palavras dele. Além da vasta experiência política do palestrante, algo que me chamou a atenção, foi a espiritualidade dele. Sim, Silvio assim como eu, acredita em algo maior e que devemos buscar o bem comum. Entretanto, deixou claro que para alcançarmos a plenitude passaremos por vários percalços e seremos contrariados por várias pessoas.

Para Silvio, o futuro começa com as decisões que tomamos hoje; como educador concordo plenamente com essa afirmação. Sempre falo aos jovens que nossas atitudes revelam quem somos e que a semeadura é livre, mas a colheita obrigatória. Ou seja, não adianta ficarmos reclamando da falta de mobilidade urbana e não tomarmos ações concretas. Para os alunos, exemplifico: não adianta querer passar de ano e nunca fazer a lição de casa. E fica a pergunta: os governantes estão fazendo essa lição?

O palestrante nos chama à reflexão: “Que cidade vamos deixar para nossos filhos?” E lembra ainda que os filhos aprendem mais com exemplos do que com palavras. Essa lição, nós políticos, também devemos aprender. De nada adianta debatermos um tema até a exaustão senão decidirmos sair da zona de conforto, enfrentarmos os obstáculos e planejarmos nosso futuro o quanto antes. E planejamento foi a palavra da noite. Silvio, que já atuou no poder executivo, e por isso mesmo pode falar por experiência, afirmou em vários momentos que dinheiro para resolver os problemas existe, o que falta são bons projetos, ou seja, falha do executivo. E essa é uma tecla que venho batendo desde o início do nosso mandato.

Para o palestrante, a pior coisa para qualquer profissional é trabalhar no que não gosta. É preciso ter paixão pelo que se faz. E se os mandatários amam a sua cidade, eles devem trabalhar com afinco para que o município ofereça qualidade de vida aos seus moradores. Ou está faltando amor pelo próximo? A pedagogia salesiana, na qual tenho formação, prega exatamente isso. Dom Bosco já dizia: “Trabalhar com amor é orar com as mãos”.

E Silvio ainda pergunta: “O que Itajaí quer ser quando crescer?” Fazendo uma analogia com a criação dos filhos, ele afirma que nem sempre as decisões tomadas agradarão todas as pessoas e que a mudança provoca resistência. Por experiência ele afirma que pessoas serão contrariadas e que caso queiramos agradar todos, não sairemos do lugar.

Mobilidade urbana exige mudanças, e o ser humano por natureza é avesso a mudanças. E agora? Ele pergunta: você está disposto a ser protagonista dessa história? Silvio afirma que a curva na estrada não é o fim do caminho, a não ser que você não faça a curva. E nós itajaisenses, vamos fazer a curva e mudar o caminho ou vamos ficar empacados no trânsito por falta de planejamento?

Ele orienta que devemos escutar o cidadão, respeitar a vocação da cidade, planejar e gerenciar. Será que estamos dispostos a fazer tudo isso?

Como bem ele disse: “todo projeto precisa de um grupo de apaixonados para que se alcance o sucesso”. Eu pergunto: você está disposto a fazer parte desse grupo?


Giovani Felix (PT) - Vereador de Itajaí
Av. Ver. Abrahão João Francisco (Contorno Sul), 3825 – Ressacada
88.307-303 – ITAJAÍ – SC / Fone: (47) 3344-7100 / (47) 8828-4809


VAGAS DE EMRPEGO - Balcão do Cidadão


Balcão do Cidadão - CÂMARA DE VEREADORES DE ITAJAÍ
Horário das 8h as 19h


Codigo da Vaga: 9319
VAGA: ADESIVADOR
PERFIL: Masculino. A partir de 18 anos. Experiência em máquina de Ploter e adesivagem. Ser comprometido. Salário + Cesta Básica.

Codigo da Vaga: 9909
VAGA: AGENTE DE RECREAÇÃO
PERFIL: Feminino. A partir de 18 anos. Preferencialmente formada ou cursando Artes ou Pedagogia. Habilidade para trabalhar com idosos. Ter iniciativa e criatividade. SALÁRIO: a combinar. TURNO DE TRABALHO: escala 12/36.

Codigo da Vaga: 9747
VAGA: AJUDANTE APLICADOR/ADESIVADOR
PERFIL: Masculino. A partir de 18 anos. OBRIGATÓRIO TER EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO DE APLICADOR OU ADESIVADOR. TURNO DE TRABALHO: Diurno. SALÁRIO: a combinar.

Codigo da Vaga: 10042
VAGA: ANALISTA COMERCIAL
PERFIL: Ambos os sexos. Entre 18 e 35 anos. Necessita de experiência na função: 6 meses. Ensino Médio completo. Ter boa comunicação e inglês fluente. Conhecimento em informática. Ter facilidade em desenvolver novas atividades, bom relacionamento em equipe, raciocínio rápido, capacidade de concentração e organização. SEGMENTO: Vendas. ATRIBUIÇÕES: auxiliar na área vendas, contato direto com fornecedores internacionais. TURNO DE TRABALHO: de 2ª a 6ª feira das 8 às 12 horas e das 13:30 às 18 horas. A empresa oferece treinamento/especialização na área. Informações adicionais: Empresa em expansão, possibilidade de crescimento a curto prazo.

Codigo da Vaga: 9555
VAGA: ANALISTA DE COMÉRCIO EXTERIOR
PERFIL: Ambos os sexos. A partir de 18 anos. Formação em Comércio Exterior, Administração, Logística ou Relações Internacionais. Desejável inglês fluente e vivência na área. Necessita de experiência na função. NECESSÁRIO TER EXPERIÊNCIA EM: Rotinas de pré-embarque, solicitação de cambio, agendamento e análise da documentação necessária ao embarque; Pós-embarque, acompanhar transbordo das mercadorias e previsões de chegada; Contato com agentes sobre o processo de importação, analisar o fechamento dos processos, acompanhar os desembaraços aduaneiros realizados pelos despachantes. TURNO DE TRABALHO: diurno. SALÁRIO: a combinar + Vale Refeição + Seguro de Vida + Plano de saúde e odontológico + Transporte.

Codigo da Vaga: 10060
VAGA: ANALISTA DE CONTROLADORIA
PERFIL: Ambos os sexos. A partir de 18 anos. Ensino Superior completo em Ciências Contábeis. Experiência em Contabilidade, financeiro, estoque e gestão de pessoas. TURNO DE TRABALHO: comercial. SALÁRIO: a combinar.

Codigo da Vaga: 9981
VAGA: ANALISTA DE LICITAÇÃO
PERFIL: Ambos os sexos. A partir de 18 anos. Necessita de experiência na função. Ter Conhecimento em licitações e leis referente a licitações (Ter participado de licitações). 2° grau completo. SEGMENTO: empresa de comunicação visual/produção. TURNO DE TRABALHO: de 2ª a 6ª feira - horário comercial. SALÁRIO: a combinar

Codigo da Vaga: 10058
VAGA: ANALISTA PROGRAMADOR
PERFIL: Ambos os sexos. A partir de 18 anos. Necessita de experiência na função: 6 meses. Superior completo ou em andamento. NECESSITA DE EXPERIÊNCIA EM: Levantamento de requisitos de software; Relacionamento com o cliente; Prototipação de software; Modelagem e arquitetura de sistemas; Conhecer e ter desenvolvido na plataforma .NET Framework 4.5, programação C#, MVC, ASP.NET, REST, WebAPI, JQuery; Conhecer os bancos de dados SQL Server e Oracle; Estar antenado nas tecnologias atuais; Saber liderar equipe. DIFERENCIAS QUE MARCAM MAIS PONTOS NA SELEÇÃO: Estar disposto a compartilhar conhecimento; Responsabilidade e compromisso; Conhecer o TFS; Conhecer o MS Project; Conhecer Axure. SEGMENTO: Desenvolvimento de Sistemas. TURNO DE TRABALHO: comercial. SALÁRIO: a combinar.

Codigo da Vaga: 10053
VAGA: APLICADOR DE MANTA ASFÁLTICA
PERFIL: Masculino. A partir de 18 anos. Experiência na função. TURNO DE TRABALHO: de 2ª a 6ª feira em horário comercial.

Codigo da Vaga: 9481
VAGA: ARTE FINALISTA
PERFIL: Masculino. A partir de 18 anos. Ensino médio. Necessita de experiência com máquina de impressão e recorte. TURNO DE TRABALHO: de 2ª a 6ª feira em horário comercial. SALÁRIO: a combinar. Será necessário apresentar referências pessoais e profissionais.

Codigo da Vaga: 9918
VAGA: ASSISTENTE DE RECURSOS HUMANOS
PERFIL: Ambos os sexos. A partir de 18 anos. Necessário ter experiência na função. Ensino médio completo. TURNO DE TRABAHO: comercial. SALÁRIO + Cesta Básica.

Codigo da Vaga: 10071
VAGA: ASSISTENTE DE TRADE MARKETING
PERFIL: Ambos os sexos. A partir de 18 anos. Necessário ter experiência com vendas/área comercial. Cursando ensino superior. CNH B para dirigir carro da empresa. Para atuar com implantação e acompanhamento das ações comerciais, promocionais e de incentivo nos pontos de venda e lojas de clientes na região de Itajaí. TURNO DE TRABALHO: das 8 às 17:48 horas. SALÁRIO: entre R$1.200,00 a R$1.600,00 (depende da experiência e formação). BENEFÍCIOS: Vale Refeição, Plano de Saúde, Auxílio Combustível, Auxílio Educação, Plano odontológico, SESC.

Vereador participa da formatura do curso de torneiro Mecânico

Dez jovens, com idade entre 16 e 24 anos, que são acompanhados pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) receberam o certificado no curso de Torneiro Mecânico. A cerimônia ocorreu na Câmara de Vereadores de Itajaí na noite de 28 de maio e contou com a presença do vereador Giovani Felix. “É um momento de alegria para essas famílias e fico imensamente grato por estar aqui. A capacitação profissional é fundamental para que o ser humano se desenvolva e alcance seus sonhos. Parabéns aos alunos, professores e toda equipe, por não desistirem ao longo da jornada e por hoje nos proporcionarem esse momento único de muita emoção. Continuem nessa caminhada”, aconselhou o legislador.

Entre os objetivos do curso está regular e operar torno mecânico. Além de confeccionar peças de uso industrial, de acordo com as normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene e saúde. Também consta no conteúdo programático, Metrologia para Mecânica, Leitura e Interpretação de Desenho Mecânico, Tecnologia Mecânica para Torneamento, além de Usinagem em Torno Mecânico Convencional.


O curso de 96h, desenvolvido entre novembro de 2013 e maio de 2014 foi realizado em parceria com o Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDES) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). 


Vereador participa da FEIJOR

A tradicional Feijoada do Rotary, a FEIJOR, promovida pelo Rotary  Club de Itajaí Porta do Vale, ocorreu no dia 31 no Parque Dom Bosco e contou com a presença do vereador Giovani Felix e de José Alberto Noldin, que além de rotariano atua na Empresa de pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). Noldin explica que parte dos recursosarrecadados com o evento serão destinados para a construção de banheiros na obra social salesiana. O rotariano também esclarece que a parceria com o Parque Dom Bosco é de longa data.

No ano de 2000 o Rotary Club de Itajaí Porta do Vale com o patrocínio da Fundação Rotária implantou na instituição filantrópica a Escola de Panificação e Informática, com objetivo de profissionalizar adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social. E em 2008, o Parque recebeu novos equipamentos, patrocinados pela Fundação Rotária do Rotary Internacional. “Esses projetos visam inserir novas tecnologias de formação profissional para encaminhamento do público alvo ao mercado de trabalho”, afirma o rotariano.



Artigo: Itajaí 154 anos


Itajaí comemora 154 anos e, como toda minha história de vida e de trabalho está ligada aos salesianos, não posso deixar de citá-los nesse momento. Os salesianos chegaram a Itajaí em 1956; mais de um terço da história da cidade conta com a presença salesiana. Assim como eles ajudaram na minha formação, também contribuíram na formação humana e cristã de milhares de itajaienses, por isso mesmo merecem ser lembrados nas festividades de Itajaí.

E foi através do sistema preventivo de Dom Bosco que aprendi que o jovem deve ser educado com base em valores humanos, orientados pelos princípios da religiosidade, do amor e da solidariedade.

Todo ser humano nasce com potencial e tem o direito de desenvolvê-lo. E para que isso aconteça ele precisa de creche, de escola e de oportunidades no mercado de trabalho.

Infelizmente, nem todo mundo tem a chance de desenvolver esse potencial. Talvez, essa seja a maior violência contra o ser humano, não ter condições mínimas para ampliar suas potencialidades.

O que a pessoa se torna ao longo da vida depende das oportunidades e das escolhas que fez. Não adianta uma pessoa saber fazer escolhas e não ter oportunidades, ou ter oportunidades e fazer escolhas erradas.

Por isso, esse é o momento ideal para refletirmos: quando planejamos o desenvolvimento da nossa cidade temos que pensar em que tipo de homens e mulheres queremos formar. Então, que tipo de sociedade queremos para os nossos filhos?

Para mim, a maior experiência que podemos passar para os nossos jovens é que nenhuma vida vale mais do que a outra. E é por isso que temos que lutar para que as necessidades da nossa comunidade sejam atendidas e que possamos no próximo aniversário de Itajaí ter muito mais a comemorar, porque a vida é o mais universal dos valores. Para que ela seja respeitada na sua integridade, a população merece dos seus governantes compromisso. E compromisso é tornar-se responsável pelo bem estar povo.

Giovani Felix (PT) - Vereador

Semana Municipal de Prevenção ao Câncer Bucal é aprovada


Na 31ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Itajaí, ocorrida no dia 30 de maio, foi aprovado, em segunda discussão e votação, o PLO 373/2013 de autoria do vereador Giovani Felix (PT), que institui a Semana Municipal de prevenção, Orientação e Combate ao Câncer Bucal. O evento passa a integrar o calendário oficial do município e será comemorado entre os dias 25 e 31 de outubro. O projeto foi aprovado em primeira discussão e votação com 17 votos favoráveis. Já na segunda votação recebeu 18 votos favoráveis e nenhum contrário.

Profissionais com conhecimentos específicos, bem como instituições públicas ou privadas que atuem na área de oncologia em Itajaí poderão participar na definição dos procedimentos informativos, educativos e organizativos relativos à Semana.

Para o vereador o projeto visa auxiliar na prevenção tendo em vista ser esse um sério problema de saúde pública no Brasil, em função das altas taxas de incidência e de mortalidade. Giovani explica que os diagnósticos são tardios, sendo que a maioria dos pacientes são diagnosticados no estágio III e IV da doença, com sobrevida máxima de cinco anos.

Giovani afirma que esta ação é fundamental para a diminuição dos índices de mortalidade e deverá se dar através de campanhas de esclarecimento. O legislador enfatiza que o Poder Público deve considerar, além da saúde da população, a economia futura que fará evitando gastos com internações e medicamentos, medidas extremas e pouco eficazes em se tratando do câncer bucal, uma vez que, diagnosticado precocemente, a doença tem cura. “Esse projeto vai ao encontro da necessidade da nossa população. Esse é um tema de grande relevância para as pessoas que buscam no poder público o apoio que precisam para enfrentar este mal”, declara.



João Guilherme Lopes do Amaral empossado vereador por um dia


Na manhã de 5 de junho, o jovem João Guilherme Lopes do Amaral foi empossado Vereador por Um Dia na Prefeitura de Itajaí. Ele foi um dos 197 alunos da Comissão do Bem Estar do Menor de Itajaí (Combemi), que participou do Projeto Jovem Consciente Vota Tranquilamente.

Desde o mês de abril, eles tiveram aulas de Cidadania Política, visitaram a sede dos três poderes e participaram do concurso literário respondendo a pergunta: O que eu faria em Itajaí se fosse eleito Prefeito por um dia?

Os 23 jovens que escreveram as melhores redações foram selecionados e passarão o dia com o prefeito, a vice ou com um dos 21 vereadores.

E às 19h serão diplomados na Sessão Solene Alusiva ao Aniversário de Itajaí na Câmara de Vereadores.

Saiba o que João Guilherme faria se fosse eleito Prefeito por um dia:

Se eu fosse prefeito por um dia, primeiramente eu organizaria todas as obras.
Eu criaria pelo menos três unidades de saúde em cada bairro.
Eu também faria mais escolas e creches para toda população da cidade.
Eu melhoraria as ruas, asfaltando-as, colocando placas de sinalização, lombadas, sinaleiras e faixas de pedestres, pelo menos uma em cada esquina.
Eu iria contratar mais guardas de trânsito para melhorar o trânsito nas ruas da cidade e mais policiais para aumentar a segurança da cidade.
Eu também construiria várias ONGs para retirar os moradores de rua e os usuários de drogas.
Construiria mais asilos, como o asilo Dom Bosco, mais hospitais com UTI.
Construiria mais parques públicos e academias.
Eu abaixaria os impostos da cidade, e construiria mais mercados.
E essas são minhas propostas para uma cidade melhor.